02
NOV

Piso sobre piso

Categoria: Planejando a sua reforma
piso-sobre-piso

A indústria química voltada para construção civil desenvolveu argamassas que possibilitam a aplicação direta de diversos materiais sobre o revestimento existente. As vantagens em não remover o piso que já existe, comparado a uma reforma em que são utilizados os processos convencionais, são grandes: evita sujeira, barulho, caçamba tira-entulho, poeira, reduz o custo de serviço e material e claro, tempo.

A desvantagem é que, com a sobreposição dos pisos, o ambiente que passou pela reforma fica com um degrau em relação aos demais, o que também pode afetar a soleira das portas. Mas geralmente não é perceptível visualmente, já que fica embaixo da porta, além de ser mais barato adotar este método e serrar a porta em vez de fazer a remoção do piso antigo para instalar o novo. Já existem, inclusive, placas mais finas (porcelanatos extra-finos) que evitam as perdas de espaço e a necessidade de modificações, como o corte de portas. Mas, antes de optar por essas peças, verifique se suportam as cargas de uso da área.

Outra coisa que pode mudar, mesmo que poucos centímetros,  é a altura dos pontos existentes de tomadas, saídas de água, rodapés e janelas, e isso influencia nos móveis e cortinas. Antes de optar pela colocação de piso sobre piso atente-se a esses detalhes!

O segredo de uma boa aplicação está na análise da superfície. O revestimento que vai ser coberto deve estar limpo, nivelado, bem fixado ao chão e sem formação de degraus entre as cerâmicas e o rejuntes. Estufamento ou descolamento de peças não podem ocorrer. Essas medidas são muito importantes, pois se você colocar o piso sem retirar as peças antigas que estão soltas, por exemplo, as novas placas poderão se descolar também.

Quando o piso existente é o de madeira não é possível fazer a sobreposição, pois se trata de um produto natural. A madeira dilata e retrai de acordo com a alteração da temperatura do ambiente onde está e esta movimentação pode afetar o piso colocado sobre ela. Além disso a madeira é um revestimento que precisa ser mantido seco, o que torna inviável a colocação de argamassa, que é molhada, sobre ele.

A aplicação é fácil, você não precisa quebrar ou picotar o piso existente para aderir a argamassa. O preparo da superfície deve ser feito com a remoção de ceras velhas e lavagem com detergente. Em seguida, deve ser executada a aplicação do novo revestimento com a argamassa colante Piso Sobre Piso e, após tempo de secagem informada pelo fabricante, a área estará pronta e liberada para uso.

As argamassas colantes piso sobre piso podem ser  encontradas nas lojas Leroy Merlin. E não se esqueça: contrate um profissional de sua confiança e que já tenha feito este tipo de serviço.

 

Até a próxima!

 

Compartilhe

 

Deixe Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Imagem CAPTCHA

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Andreza Baroni

Andreza Baroni

Andreza é arquiteta e atua há mais de 8 anos à frente do escritório Andreza Baroni Arquitetura e Interiores, desenvolvendo projetos residenciais e comerciais. Acredita que dividir experiências é umas das maneiras mais interessantes de se crescer pessoalmente e profissionalmente e por isso abraçou a ideia de escrever no blog da Leroy Merlin.

Tweets de @LeroyMerlinBRA